Av. Anhanguera, 659 - Jardim Novo Mundo - Goiânia - GO

sobras

Sobras?!

Leitura Bíblica: Lucas 21.1-4

[Jesus disse:] “Todos esses deram do que lhes sobrava; mas ela, da sua pobreza, deu tudo o que possuía para viver” (Lc 21.4).

Provavelmente você já participou de algum momento em que se levantou uma oferta especial para determinada finalidade. Talvez para um campo missionário, um projeto social, para a construção ou ampliação da igreja ou algum outro projeto específico. Não raras vezes, nestas situações, a pergunta que passa em nossa mente é sobre que valores não nos farão falta no orçamento daquele mês. Traduzindo este pensamento de forma mais clara, a ideia presente é: “O que está sobrando para que eu oferte?” Por mais bem intencionados que sejamos, com este conceito estamos pensando exatamente como aqueles que Jesus confronta no episódio do texto de hoje.

A atitude daquela mulher, mesmo dando apenas duas pequeninas moedas, foi de um contraste tão evidente que não passou despercebido pelo Senhor Jesus. No contexto da época, o fato de ser mulher, viúva e pobre significava que, com certeza, vivia com muitas limitações. Mesmo assim, pela fé decidiu dar tudo o que possuía para viver (v 4). Mesmo sendo apenas duas pequenas moedas, no conceito de Jesus ela deu mais do que todos os outros, inclusive em relação àqueles que deram quantias maiores. Por um lado, poderíamos concluir que aquela mulher foi inconsequente, não refletindo sobre as suas necessidades futuras. Por outro lado, precisamos reconhecer que ela depositou toda a sua confiança na providência de Deus sobre a sua vida.

Poderíamos achar estranho que seja justamente esta a expectativa que Deus tem em relação a nós. Mas isto é perfeitamente compreensível quando somos confrontados com a atitude de Deus em relação ao ser humano. Quando a obra da salvação exigia que alguém viesse a este mundo para sofrer e ser morto em nosso lugar, Deus não enviou nada que estava sobrando. Muito pelo contrário: enviou o que tinha de mais precioso, o seu próprio Filho. – CK

Deus nos deu o que tinha de melhor. O que você está dando para Deus?

Adicionar comentário


Voltar ao topo